Gasolina aditivada, comum, premium? Tire suas dúvidas sobre qual escolher.

Temos três tipos de gasolina em comercialização no Brasil. Uma delas, a premium, tem diferentes nomes comerciais dependendo da bandeira do posto em que você abastece. Listamos abaixo as características para que você tenha bem claro o que é cada uma delas, antes de abastecer seu carro.

Gasolina comum, premium ou aditivada. Qual eu devo escolher para melhorar o desempenho do meu carro? Bem Auto Soluções Automotivas. Oficina mecânica especializada no Kobrasol, São José, Florianópolis, Biguaçu, Palhoça.

Gasolina comum

Como o próprio nome diz, é a mais comum. Pode ser facilmente encontrada nas bombas de qualquer posto e, utilizada em qualquer veículo.

Gasolina aditivada

É a gasolina comum, porém na sua composição são acrescentados detergentes e dispersantes. Esses aditivos realizam a limpeza do sistema de alimentação do automóvel a fim de evitar o acúmulo de detritos nos bicos injetores e nas válvulas de admissão, aumentando a vida útil dessas peças.

Não indicamos porém que a troca da gasolina comum seja repentinamente feita pela aditivada pois, se o sistema estiver muito sujo, o ato de completar o tanque com a aditivada pode liberar uma quantidade grande de detritos que pode ocasionar o entupimento dos bicos injetores. Recomendamos que o processo se inicie com uma pequena quantidade de gasolina aditivada no primeiro abastecimento e que a proporção dela vá sendo aumentada a cada abastecimento seguinte.

Lembramos também que o uso da gasolina aditivada não é recomendando em carros que utilizam carburador e também alguns veículos mais recentes que dispensam o seu uso. Portanto, é recomendado verificar o manual do seu carro antes de realizar a troca.

Gasolina premium

O objetivo do uso dessa gasolina é o aumento de desempenho e rendimento dos motores, sendo que são combustíveis de alta octanagem. Grande parte das gasolinas premium, possuem componentes adicionais, a exemplo das aditivadas. Então, as recomendações sobre as aditivadas também se aplicam às premium. É bom lembrar que só é perceptível uma melhora na performance em motores que requerem gasolina de alta octanagem. Para saber se esse é o seu caso, recomendamos consultar o manual do seu carro.

Receba novidades e dicas de manutenção automotiva no seu e-mail

Quero receber atualizações

Gostou deste post?

Você pode gostar...

Fale conosco pelo WhatsApp